sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Por que somos tão omissos?

A situação em que se encontram as ruas de nossa cidade é absurda e inadmissível. Diante disto, é inevitável que se pergunte: trata-se de falta de recursos para reparar as vias ou de incapacidade para gerir as finanças públicas pela nova administração? Seriam os buracos reflexo de nossa omissão como cidadãos (ir)responsáveis?

Todos sabemos como nossa cidade tem um trânsito complicado e perigoso, mas o que já era ruim ficou muito pior com o estado deplorável das vias públicas. Apesar do problema, parece que nós, cidadãos comuns, não temos nada a ver com isso. Esse é o nosso maior equívoco.

A situação do município é sim responsabilidade nossa! O prefeito e os vereadores que NÓS elegemos precisam ser chamados à responsabilidade. São simples funcionários públicos e não semi-deuses. Por que não exigimos providências aos gestores e legisladores? Por que nos mobilizamos tanto durante as campanhas políticas e não durante o mandato? Por que nos abaixamos tão facilmente ao comando de manipuladores de pessoas disfarçados de animadores de comícios e não reivindicamos uma cidade melhor para todos?

A cidade é extensão de nossas casas, nosso espaço comum. Não adianta muito ter uma casa confortável se nossas ruas são esburacadas, sujas e inseguras. Precisamos mudar nossa percepção sobre política e sobre os políticos e amadurecer como cidadãos. Nossa responsabilidade não acaba com o voto, pelo contrário, apenas começa com ele.

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Frases

“A educação torna as pessoas fáceis de lidar, mas difíceis de manipular; fáceis de governar, mas impossíveis de escravizar.”
(Lord Henry Peter Brougham)

“Tenha todos os tolos do seu lado e você pode ser eleito para o que quiser.”
(Frank Dane)

"Quando as pessoas temem o 'governo', isso é tirania. Quando o 'governo' teme as pessoas, isso é liberdade."

(Thomas Jefferson)

Escola, sociedade e letramento

Ensinar e aprender sempre fizeram parte da vida humana em qualquer época e em qualquer parte do mundo. No entanto, a educação muda de tempos em tempos e de cultura para cultura e está intimamente ligada às necessidades e às crenças de cada sociedade.

Como sabemos, ensinar é uma atividade corriqueira e faz parte da vida social: os pais que ensinam padrões de conduta aos filhos, suas crenças e práticas religiosas, suas visões de mundo, seus ofícios. Principalmente a partir da Revolução Industrial, a necessidade de mão de obra especializada fortaleceu o movimento de institucionalização da educação: o lar não dava conta do ensino das competências cognitivas especializadas que o mundo do trabalho requeria. Neste contexto, as escolas firmam sua posição e legitimação de instituições educacionais de massa e praticamente detém o monopólio do ensino da leitura e da escrita.

Segundo David Olson, professor e pesquisador da universidade de Toronto, Canadá, “a história da escola é uma reflexo do desenvolvimento histórico da sociedade letrada”. Um acontecimento histórico relativamente recente vem confirmar esta reflexão de Olson: os computadores pessoais e a internet passaram a fazer parte da vida cotidiana em praticamente todas as esferas sociais: governos, lares, universidades, empresas, exércitos, ONGs, etc. Este fato fez com que as escolas, além de manter bibliotecas, precisassem montar laboratórios de informática. Com as novas mídias, ler e escrever se tornaram atividades muito diferentes do que eram há quinze anos atrás e provavelmente serão bastante distintas daqui a uma década.

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Educação, escola, sociedade: aprender para quê?

Até a Idade Média, a maioria das pessoas não sabia ler ou escrever. O motivo para isso não era apenas a falta de escolas para ensinar, mas porque ler/escrever não era necessário, pois, em geral, as atividades humanas não estavam organizadas em torno da escrita.
'
Nas sociedades modernas, a escrita assume um papel central e as escolas passam a ser as principais agências de letramento. Nelas está depositada a responsabilidade de preparar crianças e jovens para o mundo letrado, do trabalho, da cidadania. Mas isso não acontece em todas as sociedades. Em algumas culturas árabes, por exemplo, a educação tem como função principal a formação religiosa. Nesse contexto, pensar a função e o papel da escola torna-se uma tarefa importante. Lanço algumas perguntas com essa finalidade:
'
1. Aprender para quê?
2. Educa-se para a vida, ou para outra coisa?
3. Mas o que é educar para a vida?
4. O que se aprende na escola?
5. Como se aprende na escola?
6. Qual o papel da escola?
7. Que educação queremos?
8. Que educação precisamos?
9. Que educação diferentes indivíduos precisam?
10. De onde vêm os saberes ensinados na escola?
11. Quem escolhe o que tem que ser ensinado?
12. Aprende-se a ler e a escrever porque as sociedades modernas estabeleceram o meio escrito para registrar seus conhecimentos?
13. Sabe-se que ler, escrever, contar e calcular são prerrogativas básicas da escola. O que mais é necessário?
'
Arrisco ensaiar uma resposta pelo menos para a primeira pergunta:
'
Estudamos para entender como a sociedade funciona, como organiza suas atividades. Estudamos para atuar numa sociedade grafocêntrica, em um mundo organizado em torno da escrita, do papel, do visor eletrônico. Estudarmos para nos tornar algo: ninguém nasce médico, professor, advogado, engenheiro. As pessoas se tornam essas coisas. Constroem suas identidades profissionais. Muitas profissões exigem a passagem pelo mundo letrado, outras pelo mundo da experiência. Estudamos para ampliar nossas escolhas no cardápio de opções que o mundo apresenta.
'
E você, se habilita a responder alguma das questões acima?

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Saudades...

É com profundo pesar que venho comunicar o falecimento, às 4:00h da manhã de hoje, do meu querido e estimado avô Adejar Clemente da Silva (86 anos).

Filho de Manoel Clemente da Silva e Claudina Mª da Conceição, Adejar nasceu em Santa Cruz do Capibaribe e aqui passou a maior parte de sua vida. Nos anos 70, como muitos nordestinos, foi para o sudeste em busca de melhores condições de vida, retornando 15 anos depois para fixar estada definitiva em sua terra natal.

Pedreiro de profissão, sempre levou uma vida modesta nos muitos anos que conviveu ao lado de sua esposa, Zila Lima da Silva. Na década de 60, junto com meu pai ainda adolescente, fazia bico como “canoeiro” na travessia de pessoas entre Santa Cruz e São Domingos durante as cheias do Rio Capibaribe. As cheias eram motivo de alegria, pois representavam um importante complemento para a renda da casa.

Adjar e Zila se casaram em 1949 e este ano completaram 60 anos de convivência, cumplicidade, amor, alegria, dificuldades, e cuidado mútuo. Nos altos de seus mais de 80 anos, gozava de grande lucidez e senso de humor. Para a família e os amigos, ficam a saudade e a certeza de ele estar num bom lugar na morada do Pai.

domingo, 21 de junho de 2009

Educação: a mania do Brasil em copiar modismos

A vitória da pernambucana Larissa Oliveira no programa Soletrando do Caldeirão do Huck no último sábado (20/06) vem confirmar uma realidade que muitos ainda insistem em não ver: o modelo tradicional de educação (com provas, notas, disciplina e cobrança de resultados) funciona! Larissa, de 15 anos, é aluna do Colégio Militar do Recife.

Penso que o maior problema de nós brasileiros é a mania de copiar modismos pedagógicos e didáticos que vêm de fora, sem critério nenhum. A meu ver, é melhor utilizar o velho e tão criticado modelo tradicional que tem falhas, mas dá certo, do que se aventurar com mudanças que têm provocado resultados desastrosos.

O ônus de nossa mania de copiar modismos está aí para todo mundo ver: alunos que chegam ao ensino médio sem saber escrever ou interpretar textos simples. São analfabetos funcionais.
´
Neste contexto, dois equívocos são evidentes: seguir a orientação do psicologismo barato segundo o qual estudo tem que rimar com prazer; e a cultura da aprovação automática.

A moda, no Brasil, há muito tempo, é procurar unir o lúdico e o didático, aprendizagem e prazer. Ora, a escola não é circo ou parque de diversão: é lugar de empenho, esforço, dedicação, compromisso. Ali se constroem os profissionais e os cidadãos do futuro para atuar em um mundo cada vez mais complexo, cada vez mais letrado, cada vez mais exigente. Não é lugar para brincadeira.

Já a cultura da aprovação automática só é boa para as estatísticas do governo, mas traz danos por vezes irreparáveis para a vida dos estudantes, perpetuando sua condição de marginalização.
'
É claro que as questões discutidas aqui só dão conta de parte do problema. Outras questões são igualmente importantes como a qualificação profissional do professor, a valorização do magistério, melhoria das condições de trabalho e uma gestão escolar que funcione minimamente. É urgente a necessidade de repensarmos nosso modelo educacional e agirmos enquanto é tempo. O mundo não vai nos esperar.
____________
Veja aqui outro artigo do blog que trata desta temática

domingo, 7 de junho de 2009

Momento filosófico

Todos nós nascemos numa família, numa língua, num país, numa cultura. Nesse contexto, crescemos com potencialidades e também com limitações impostas pelo meio. Nosso projeto humano e individual é nos constituir como indivíduos e fazer sentido das coisas que nos rodeiam e das relações com os outros que vamos construindo ao longo de nossa vida. Não nascemos prontos, nem morremos prontos. A vida, nossas identidades, estão em um ininterrupto processo de vir a ser. Somos, assim, numa co-autoria com Deus, arquitetos e construtores de nossa existência.
*
(Marcelo Clemente)

sábado, 2 de maio de 2009

Celpe: energia cara

Duas contas em um único mês, cobrança de resíduos, aumentos abusivos e, em Santa Cruz, cobrança da dívida de iluminação pública, questões que têm irritado muitos consumidores. Os pernambucanos estão vendo como a mordida da conta de energia no orçamento familiar tem aumentado fortemente nos últimos anos.

De acordo com nota da FIEPE, nos últimos seis anos, o índice de reajuste médio da Celpe alcançou 114,6%, enquanto o IGP-M e o IPCA, no mesmo período, acumularam 76,6% e 50,7%, respectivamente. Isso quer dizer que os reajustes da Celpe estão muito acima da inflação.


Por ordem da Annel, a energia elétrica para residências e comércio deveria ter tido uma queda de 4,42% no mês de abril. No entanto, através de uma liminar concedida pela Justiça Federal, ao invés de uma redução, haverá um aumento de 3,64%. Pior ainda foi para a indústria que terá um reajuste de 11,46%, um grande incentivo da Celpe para o momento de crise que estamos passando.

sábado, 11 de abril de 2009

Cristo: O Deus que se fez criatura humana

Como estamos na Semana Santa, trago aqui uma das mais belas narrativas sobre Cristo feita pelo teólogo franciscano Leonardo Boff na parte final de sua palestra ‘Tempo de Transcendência’, também publicada em livro pela Sextante. Para uma melhor leitura, divido o texto em três partes:

Parte I
“Deus que estava circundando toda a realidade, emergiu no mais pobre, nasceu no meio de animais, se identificou com um crucificado, se fez um esmoler para conseguir o amor de cada um e para tirar as distâncias que possam haver entre os seres humanos. Ele se fez o último dos homens. O Texto diz que ele se fez um verme, se fez um cervo, se fez um escravo de toda humana criatura. Então ele desceu, o mais profundo, foi até os infernos. E quando o Credo diz que Cristo ao morrer foi aos infernos significa: ele desceu até aquela dimensão que nós estamos absolutamente sozinhos, não podemos levar a pessoa amada nem ninguém, que é o nosso momento da morte. Ele desceu até ali, para no fundo nos dizer, 'mesmo que você vá até lá eu estou com você, você não vai sozinho, eu vou junto'. Porque ele desceu tão fundo, pôde subir pro mais alto.
Parte II
E uniu transcendência e imanência, porque Ele que habitava nessa luz inacessível, mergulhou dentro da fragilidade humana: é uma criança que chora, que nasce num presépio, que se faz pão. Que faz o supremo milagre de transformar água em vinho que vem do sangue de Deus. Então tomemos com sumo respeito todo o vinho, ele guarda um mistério dentro. Então Ele desceu, desceu pro mais baixo. E a atitude mais grandiosa do ser humano, na leitura Cristã, é alavercar-se como o bom samaritano sobre o outro caído, o amor que desce. E nós só podemos cair de joelhos com dignidade diante do outro caído, atrás do qual o próprio Deus se esconde. E no entardecer da vida seremos julgados não porque tivemos transcendência, e comungamos tantas vezes, e obedecemos a todos os dogmas, e nos filiamos às igrejas, e fomos bons dizimistas... Não somos julgados por nada disso! Somos julgados por aquele mínimo de amor que tivemos tido pelo sedento, pelo nu, pelo faminto. Quem teve essa transdescendência, escuta as palavras mais benditas: 'Vinde, herdai o Reino'.
Parte III
Então é a presença desse homem concreto, Jesus de Nazaré, homem como nós, que morreu não com um acidente de estrada, atropelado por um dromedário na Palestina, mas que morreu na cruz, num processo de insurgência, porque tomou partido dos pobres, dos humildes, e contestou todas as transcendências religiosas do tempo, e no fundo disse, você é filho e filha de Deus, em você se encontra o absoluto, e por isso que ao amar o outro, se ama a Deus, porque o amor a Deus e o amor ao próximo é um amor só, um movimento só. Não há nada mais grandioso que isso. Então a transparência é poder ver no outro, Deus nascendo, da profundidade de cada pessoa humana. Essa é a singularidade do Cristianismo.”

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Lucro da Celpe cresce 40 vezes em 7 anos, diz deputado*


O deputado federal Eduardo da Fonte (PP/PE) representou a Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados na audiência pública sobre o reajuste da conta de luz da Celpe para este ano ocorrida no dia 19/03, no auditório da Universidade Católica de Pernambuco.

O parlamentar protestou contra os aumentos abusivos e afirmou que a Celpe foi a única empresa que teve reajuste positivo no atual período de revisão da tarifa de energia elétrica (5,83%). “Dez empresas tiveram reajuste negativo. A COELBA e a COSERN, que fazem parte do Grupo NEOENERGIA, tiveram reajuste negativo de -13,56% e -8,38, respectivamente” afirmou Eduardo da Fonte.

Outros pontos destacados pelo deputado foram o lucro exorbitante da CELPE que cresceu 40 vezes em 7 anos (de 12.883 para 466.313 milhões de reais) e o fato de a Celpe comprar da TERMOPE a energia mais cara do mercado.

Além disso, o Deputado reclamou dos aumentos abusivos na conta de luz em Pernambuco. Segundo o parlamentar, a Celpe alega que a tarifa de energia é cara porque o pernambucano furta muita energia, e a ANEEL, por sua vez, usa mortalidade e índices sociais como justificativa para aumentar tarifa de energia. Eduardo da Fonte lembrou que a nova tarifa vai embutir, ilegalmente, 16% de supostas perdas da CELPE.

*Do site do deputado Eduardo da Fonte

sexta-feira, 27 de março de 2009

Meio ambiente e o problema das sacolas plásticas*

As embalagens plásticas, símbolo da sociedade de consumo, podem levar séculos para se decompor e são um dos maiores problemas ambientais da atualidade. Só no ano passado, foram produzidos 18 bilhões de sacos plásticos no Brasil. A maioria só é utilizada uma única vez antes de ser descartada no meio ambiente.

Alguns países já vêm tomando algumas medidas para diminuir a produção destes materiais. Na Alemanha e na China, por exemplo, a lei determina que o consumidor que quiser utilizar sacolas plásticas deve pagar por elas. No Brasil, não há nenhuma lei que regule o uso das sacolas plásticas, mas algumas iniciativas de empresas privadas já começam a surgir.
'
Em algumas padarias de João Envile, Santa Catarina, quem não utilizar sacola ganha 10% de desconto no pão e no leite. A rede de supermercados do Hiper Bom Preço das cidades de Recife e Salvador oferece um desconto de três centavos para cada sacola plástica que o cliente não utilizar. A rede comercializa, a preço de custo (R$ 2,50), uma sacola retornável de algodão. Em um mês de implantação do programa, já houve uma redução de 1 milhão de embalagens de plástico.

*(Artigo produzido com base em matéria publicada em vídeo no Blog Cidades e Soluções. Veja aqui).

domingo, 22 de março de 2009

Sexualidade e cultura

Em nossa o cultura, a criança do sexo masculino é incentivada para a iniciação da prática sexual de forma precoce. Com as meninas, ocorre o contrário. Isso se dá por duas razões. A primeira é relacionada à gravidez, pois ter um filho não planejado, sem que haja uma formação familiar prévia e em idade precoce, pode comprometer a vida das meninas, já que são elas que acabam assumindo a maior responsabilidade com o bebê. A segunda é de ordem mais cultural. Ao contrário das meninas, os meninos precisam provar à sociedade que são ‘machos’ e isso é feito através da iniciação sexual. Ser virgem ou ‘donzelo’, como costumamos chamar aqui no nordeste, é motivo de chacota. Por isso, os meninos se veem com a missão urgente de sair desta condição e provar aos amigos que merecem o título de homem. Não faz muito tempo, alguns pais chegavam até a levar os filhos aos prostíbulos para a iniciação sexual.

Os adultos do sexo masculino, já casados, se deparam com outra cobrança: precisam continuar provando que são ‘machos’ através da prática sexual extraconjugal. É só olharmos ao redor para comprovar isto. Algumas letras de música são um exemplo interessante, quem não lembra do ‘casado também namora, casado é namorador longe da sua senhora’ e ‘quer ir mais eu vamos, quer ir mais eu vambora, beber, raparigar, fazer zueira...’ e também ‘há três coisas na vida que não deixo de fazer, dançar forró do bom, raparigar e beber’.

Longe de pregar o puritanismo, penso que são conceitos que precisam ser revistos e discutidos, pois comprometem a qualidade de vida das pessoas e podem conduzir a situações desastrosas. A meu ver, trata-se também de uma questão de saúde e principalmente de segurança pública, pois quantas famílias não são desestabilizadas com essa ‘cultura da virilidade masculina’. Como sabemos, a prática de violência não tem única causa na miséria, mas fundamentalmente na desestruturação familiar.
(veja aqui outro artigo do blog que trata deste assunto)

Escola Menino Jesus promove encontro Educadores e Família

A escola Menino Jesus promoveu nos dias 20 e 21 de março o I Encontro de Educadores e Famílias de 2009. Iniciado no ano passado, o projeto tem como objetivo estabelecer uma parceria entre escola e pais para discutir idéias e buscar soluções para a difícil tarefa de educar nos dias de hoje.

O evento teve a presença do psicólogo de Campina Grande Rossandro Klinjey que há alguns anos vem desenvolvendo um trabalho voltado para as questões da família e da educação de filhos.

Rossandro disse que os modelos de família estão mudando e variando com o tempo. Uma das mudanças é a diminuição da presença dos pais em casa já que estes precisam trabalhar para o sustento da família. Para o psicólogo, porém, o mais importante não é a quantidade de tempo que se passa com os filhos, mas a qualidade da relação. Ressaltou também a importância de uma formação religiosa e do cuidado que se deve ter com potenciais inimigos dentro de nossas casas: a televisão, a música e a internet. Para ele, parte do conteúdo dessas mídias é de gosto duvidoso e presta um desserviço para a educação das crianças.

sábado, 21 de março de 2009

“Governo anterior deu as costas à juventude”

A frase acima foi dita pelo vereador Afrânio Marques (PSDC) durante a 6ª sessão ordinária da Câmara de Santa Cruz do Capibaribe ocorrida no último dia 19/03. O parlamentar lamenta a ausência de políticas públicas voltadas para a juventude de nosso município: “não há recursos específicos para a juventude de nossa cidade". Afrânio informou que atualmente há mais de 6 mil jovens santacruzenses em situação de risco social e que há uma ligação direta desse dado à falta de políticas públicas que atendam a essa parcela da sociedade.

Os problemas envolvem o uso de drogas, iniciação à prática criminosa, prostituição e violência.

Vereador propõe criação de fundo para esporte e cultura

O vereador do grupo de situação Dimas Pereira Dantas (PTB) defende a criação de um fundo que venha a subsidiar as práticas esportivas e culturais do nosso município. Segundo o parlamentar, o fundo seria gerado a partir da captação de 1% do valor pago aos fornecedores da prefeitura municipal.

Santa Cruz do Capibaribe agora integra comitê gestor da duplicação da BR 104

Na 6ª sessão ordinária, o vereador Diogo Moraes informou que Santa Cruz do Capibaribe terá cadeira permanente no comitê gestor do projeto de duplicação da BR 104 (trecho entre Caruaru e Pão de Açucar). Antes, apenas as cidades de Caruaru e Toritama tinham participação garantida no grupo.
-
A ordem de serviço da ‘Rodovia do Jeans’, assinada no dia 30/01/09 pelo Governador Eduardo Campos, terá um custo previsto de 315 milhões e será financiada pelo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) do Governo Federal. As obras devem ser concluídas em 2011.

sexta-feira, 20 de março de 2009

Projeto de senador pernambucano pretende dobrar tempo de propaganda política gratuita*

Nos próximos dias, será votado no plenário do Senado um projeto de lei que amplia o tempo de propaganda partidária gratuita na TV e no rádio. De autoria do senador Sérgio Guerra (PSDB-PE), o projeto dobra o tempo dos partidos maiores, permitindo que eles passem a ter direito a 20 minutos de programa por semestre, além de 40 minutos de inserções de 30 segundos ou 1 minuto. Mas reduz o tempo dos pequenos partidos.
_____
*Do O Globo On-line. Veja matéria completa aqui.

quinta-feira, 19 de março de 2009

Mesmo produto, dois preços!

No mês passado, postei um artigo sobre o problema da diferença de preços: um indicado nas prateleiras e outro no caixa (veja aqui). Ontem, ao fazer compras em uma conhecida loja de departamento localizada no Shopping Center Recife, a gôndola indicava o valor de R$ 6,99, mas o preço do produto no caixa era de R$ 7,99, mais de 12,5% de diferença, portanto (veja foto abaixo).

Como o Código de Defesa do Consumidor indica que o que deve prevalecer é o preço no produto e não o preço que aparece no monitor do caixa, solicitei, de imediato, a correção do valor. Já que não existe uma fiscalização mais cuidadosa nos estabelecimentos comerciais, é importante que o consumidor fique atendo a eventuais diferenças de preços para não ser lesado.

quarta-feira, 18 de março de 2009

Correios atrasam correspondências e prejudicam clientes

Nos últimos meses, os serviços de entrega de correspondências da agência de correios de Santa Cruz do Capibaribe não estão satisfatórios. É comum correspondências chegarem com 3 ou 4 dias de atraso. O maior problema é quando tais correspondências são contas cujo atraso no pagamento acarreta multas e juros. Seria importante que a Câmara de Vereadores pedisse esclarecimentos à gerência dos Correios de nossa cidade sobre o problema e solicitasse uma solução.

sábado, 14 de março de 2009

Mercado de computadores aposta no Netbook*


Um computador para acessar a internet, que pesa pouco mais de 1 quilo e cabe confortavelmente numa bolsa de mão. Esse é o conceito dos netbooks, aparelhos que primam pela portabilidade. Eles não são projetados para armazenar muitos arquivos ou rodar programas mais pesados, como softwares gráficos e jogos. Com menos memória e menor capacidade de processamento de dados, os netbooks chegam a custar 3 vezes menos que um notebook.

O primeiro netbook, que surgiu em 2007 nos Estados Unidos vendeu no ato 1 milhão de unidades e 12 milhões em 2008. A previsão é que as vendas em 2009 aumentem 80%. O cenário de crise econômica favorece as versões menores por serem mais baratas.

*Adaptado da Veja, Edição on-line de 18 de março de 2009

Propaganda dos Democratas: apelo à manipulação

Visando a eleição para presidência da República em 2010, o partido Democrata (ex-PFL) já começa sua campanha de ataques ao governo Lula. Nada mais natural no jogo político. Porém, o que chama atenção é a maneira com que a propaganda expõe os fatos.

Na propaganda que circula em rede nacional nos principais veículos de comunicação é feito um reenquadramento da afirmação do presidente Lula quando este diz que a crise nos Estados Unidos seria um Tsunami e no Brasil, se chegasse, seria uma marolinha (pequeníssima onda). A afirmação do presidente foi feita no dia 4 de outubro de 2008 em São Bernardo do Campo, quando a crise não tinha ganhado dimensões tão amplas, mas a propaganda democrata conduz o telespectador a pensar que foi dita há muito pouco tempo e que Lula estaria brincando com coisa séria, inclusive com a situação de muitos desempregados vítimas da crise.

Ocorre que o presidente errou em suas previsões sobre os efeitos da crise no Brasil, assim como erraram a maioria dos economistas. Mas erraram não por má-fé ou achismos, mas devido ao Brasil dispor de grandes reservas de capitais, bancos sólidos, ausência de bolhas de crédito e mercado interno fortalecido, o que possibilitava tal previsão otimista. Além disso, o presidente fez seu papel de chefe de Estado procurando diminuir o nervosismo dos investidores que aplicam seus recursos no mercado brasileiro.

quinta-feira, 12 de março de 2009

Projeto de lei propõe fim do benefício de prisão especial para nível superior*

O projeto que acaba com o direito a prisão especial para quem tem curso superior completo foi aprovado na quarta-feira pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. O projeto vai agora para votação no plenário do Senado. A proposta, no entanto, mantém o benefício para autoridades e políticos (presidente da república, ministros de Estado, governadores, parlamentares, entre outros).

O ministro da Justiça, Tarso Genro, defende a proposta, mas afirmou que para sua implementação serão necessárias mudanças no sistema prisional brasileiro.

*Adaptado de O Globo Online (ver matéria completa aqui)

Recife e Olinda em festa nesta quinta-feira

Hoje, Recife e Olinda comemoram aniversário. Recife faz 472 anos e Olinda, 474. Apesar da data comemorativa, esta quinta-feira (12) não será feriado no Recife, apenas em Olinda, onde só os serviços essenciais funcionam.

As comemorações começam pela manhã e seguem até a noite. Algumas das atrações são a apresentação do Grupo Quadro Antíquo, show com Elba Ramalho e desfiles de blocos. No Recife, a festa só termina no domingo (veja detalhes da programação aqui)

domingo, 8 de março de 2009

Câmara de Vereadores de Santa Cruz tem Gabinete Virtual

Na página da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe há um ambiente chamado Gabinete Virtual (veja aqui). Ná página, os eleitores podem encontrar algumas informações importantes como o e-mail de cada vereador, a sigla do partido ao qual este é filiado, o número de votos com que foi eleito, os projetos de lei, resoluções e requerimentos feitos por cada parlamentar municipal. É uma maneira interessante de interagir com a Câmara e acompanhar o trabalho de seu vereador.

Quarta reunião da Câmara – Parte 1

Com um pouco de atraso, seguem os principais temas tratados pelos vereadores na quarta sessão ordinária da Casa Doutor José Vieira de Araújo realizada na última quinta-feira (05/03).

A quarta reunião da câmara vem confirmando algumas tendências de postura por parte de alguns vereadores. Na ala oposicionista, Afrânio e Francisco Ricardo mantém a linha mais incisiva, fazendo críticas ao governo municipal e apontando possíveis irregularidades. No lado da situação, Ernesto assume o papel de defensor incondicional da ala governista. Até agora, esta tem sido a principal atividade do parlamentar nas sessões ordinárias, sempre procurando munir-se de documentos e argumentos para usar na defesa do governo atual e até da administração anterior.

Quarta reunião da Câmara – Parte 2

Vereadores da ala da situação

Dimas Dantas comemora iluminação do estádio municipal, fala da importância da mulher santacruzense para a economia local e de seu projeto de monitoramento de usuários de cybers em nossa cidade. O vereador ressaltou que tal medida pretende coibir a prática de crimes virtuais como a pedofilia.

Ernesto Maia fala da questão dos ferros velhos na entrada da cidade. Segundo o parlamentar, a presença destes veículos torna nossa entrada feia e defende a retirado dos materiais. Na educação, o vereador defende a meritocracia, regime que recompensa o professor de acordo com sua dedicação. Critica a postura de professores que, apesar de ganharem mais na rede pública, realizam um trabalho melhor na rede privada de ensino.

O vereador Deomedes homenageia as mulheres pelo seu dia e parabeniza a guarda do município pelo trabalho durante o período carnaval. Fala da chegada de água no bairro do Oscarzão e em outras localidades.

Diogo Moraes fala de seu requerimento para transferência do centro de rádio e imagem para o Hospital Municipal. Hoje, o centro encontra-se na Policlínica. Segundo o parlamentar, o lugar mais adequado para os equipamentos é o hospital, já que este funciona 24 horas por dia e todos os dias da semana. Também solicita reforma da pediatria do Hospital e reativação do convênio com a farmácia do LAFEPE.

Fernando Aragão fala da proliferação dos churrascos de rua. O parlamentar reclama da forma desordenadas com que essa venda ambulante vem ocorrendo e problemas como o uso da rua como banheiro, já que os clientes também consomem álcool. O vereador critica a bancada de oposição dizendo que esta aponta problemas, mas não traz recursos para o município junto aos aliados políticos das esferas estadual e federal.

Quarta reunião da Câmara – Parte 3

Vereadores da ala da oposição

O vereador Afrânio comenta a reunião na última terça (3) com a superintendência do SEBRAE na qual solicita uma agência desta entidade para Santa Cruz do Capibaribe. Fala também da importância da educação e da necessidade de valorização do professor.

O vereador Francisco fala da inclusão de Santa Cruz entre as 25 cidades de Pernambuco que tiveram suspensão dos recursos da merenda escolar. Segundo o parlamentar, tal fato ocorreu por falta de planejamento da Secretaria de Educação. Outro tema trazido para a tribuna foi a não aprovação do projeto do Distrito Industrial de Santa Cruz do Capibaribe. Para o vereador, o projeto está cheio de falhas, além de haver muita especulação para valorização de terrenos e benefício de alguns.

Nanau também comenta a reunião com superintedência do SEBRAE em Recife e o problema do recurso da merenda. O parlamentar aproveita para parabenizar as mulheres pelo seu dia.

Em resposta a crítica de Fernando Aragão, o vereador Júnior Gomes diz que sua bancada faz oposição responsável e que não vai permitir que o vereador da situação dite a maneira de proceder. Júnior Gomes fala da sua participação no fórum regional da juventude organizado pelo governo do estado e critica a não presença dos vereadores da situação no evento.


O vereador Zezin Buxin comenta o requerimento de Diogo Moraes sobre o deslocamento do centro de imagem (raio-x e ultrasonografia) da Policlínica para o Hospital Municipal. O parlamentar diz que tal mudança oferece melhor condição de tratar pessoas acidentadas, já que não é necessário deslocar pacientes de um lugar para outro. O vereador também aproveita seu tempo na tribuna para homenagear as mulheres.

sábado, 7 de março de 2009

Arcebispo diz que envolvidos no aborto podem ser perdoados*

O arcebispo de Olinda e Recife, Dom José Cardoso Sobrinho, falou neste sábado (7), durante uma missa da Campanha da Fraternidade na Basílica do Carmo, que todos os envolvidos no aborto da garota de nove anos grávida de gêmeos do padrasto, mesmo excomungados, têm direito ao perdão se se mostrarem arrependidos.

Durante a missa, o arcebispo também rebateu as críticas do presidente Lula, que lamentou o posicionamento do arcebispo. O religioso falou que o presidente deve buscar a assessoria de algum teólogo para falar com mais propriedade sobre o tema.

A atitude de Dom José teve repercussão mundial e ganhou destaque nos sites das principais redes de notícia, como a britânica BBC, as norteamericanas Fox News e New York Times, o espanhol El País, além do Karachi News do Paquistão.
*Do site PE 160 Graus. Ver matéria na íntegra aqui.

quinta-feira, 5 de março de 2009

Um círculo virtuoso

A bancada oposicionista da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe começou o ano mostrando trabalho. É muito interessante a articulação entre a esfera estadual, na pessoa do deputado Edson Vieira, e a municipal, representada pelos vereadores. Trata-se de um novo jeito de fazer política que só vem a engrandecer nossa cidade e potencializar as perspectivas de dias melhores. A mais recente iniciativa do grupo foi a formação de comitiva que visa trazer uma agência do SEBRAE para Santa Cruz.

A bancada de situação da Câmara deveria seguir o exemplo e, junto ao prefeito do município, aproveitar o acesso que a família Moraes tem ao governo do estado para trazer melhorias pra nossa cidade. Isso criaria um circulo virtuoso e, consequentemente, uma relação de ganha-ganha. Os cidadãos santa-cruzenses, os maiores beneficiados, agradecem!

quarta-feira, 4 de março de 2009

Gravidez de menina de 9 anos é interrompida e Igreja Católica excomunga participantes

O Arcebispo Emérito de Recife/Olinda, Dom José Cardoso Sobrinho, decreta excomunhão dos envolvidos no processo de aborto da menina de nove anos grávida de gêmeos, vítima de abuso sexual em Pernambuco.

Em matéria do Diário de Pernambuco, o arcebispo cita um princípio moral da Igreja Católica segundo o qual “não se pode fazer o mal com finalidade boa”. E completa dizendo: “se fosse assim, seria permitido roubar para distribuir entre os pobres, porque os fins justificariam os meios”.

Não quero entrar na questão ética sobre o aborto, se foi certo o não o que foi feito. Só considero descabida a atitude do Arcebispo em falar em excomunhão. Penso que caberia à Igreja lamentar o fato e adotar uma atitude de protesto, já que defende a vida acima de tudo.
.
Guardadas as proporções, o arcebismo incorre em um aborto simbólico, já que expulsa filhos da Mãe-Igreja. Parece que o estigma condenatório da Idade Média ainda não desapareceu.

Inglês para crianças, adolescentes e adultos


Novas turmas em 2009
Av. 29 de Dezembro, 510. Centro

Celpe: duas contas em um mês, muita confusão

Em Pernambuco, muitos clientes foram surpreendidos com a chegada de duas contas de energia elétrica em um único mês. Em Santa Cruz do Capibaribe, é grande a procura por esclarecimentos sobre o caso na Celpe local.

A Celpe diz que o envio de faturas duplas se deve à cobrança de um valor residual referente aos meses de abril e setembro de 2005. A cobrança do resíduo tinha sido impedida por decisão judicial, mas foi autorizada no dia 02 de dezembro de 2008. Portanto, trata-se de uma conta retroativa de 2005.

A Celpe informa que as contas devem ser pagas, mesmo se as datas de pagamento sejam próximas. O não pagamento acarretará em suspensão do fornecimento de energia. Isto é, se não pagar, vão cortar sua luz (confira no próprio site da Celpe aqui).

Para acabar de melhorar, a Aneel informou um novo reajuste da energia elétrica. O aumento pode chegar a 6,86% (veja outras informações aqui).

Um mundo grafocêntrico


Nas sociedades modernas, a escrita assume um papel central. Não faz muito tempo, especialmente no nordeste, a palavra falada tinha papel importante nos acordos entre pessoas, pois representava o compromisso com a honra, com a moral, com o bom caráter. Hoje, a palavra falada perdeu sua força e deu lugar a palavra escrita. Não se faz mais contratos sérios “de boca”. Se não tiver registro em papel, não tem validade.

A maior parte das atividades humanas atuais envolve algum tipo de contato com a escrita. Basta sair à rua para percebemos a centralidade que ela assume: placas, outdoors, fachadas de lojas, faixas, pinturas em muros, cartazes, panfletos, banners, adesivos em carros, recibos de compras. No supermercado, praticamente todos os produtos têm informações escritas. As contas que recebemos em casa e as transações comerciais e bancárias também.

A nova era digital reforçou o uso da escrita, mas a associam a imagens, sons, cores e tamanhos de fontes variados, tabelas, gráficos, diferentes layouts, etc. A escrita também virou virtual, não mais presente apenas no papel: está na tela do computador, no visor do celular, no caixa eletrônico, no e-book e no mp9. Não há dúvida que vivemos em um mundo verdadeiramente grafocêntrico.

terça-feira, 3 de março de 2009

De onde vem o faturamento do Google?


Quem usa a rede de relacionamentos Orkut deve ter percebido um quadro com anúncios abaixo do quadro de amigos. Há algum tempo, o Google, mantenedor do Orkut, vinha estudando formas de gerar dividendos no site.

O processo é relativamente simples: o banco de dados do Google verifica o perfil e as comunidades do usuário e exibe anúncios que correspondam aos interesses dessa pessoa. Por exemplo, se você participar de alguma comunidade tipo “Músicos do Brasil”, é bem provável que você receba anúncios de instrumentos musicais, cursos ou livros referentes a esta atividade.

Já que praticamente todos os seus serviços são gratuitos (Orkut, Youtube, Gmail, Blogger, Google Earth, Google Maps, etc) quase 100% da receita do Google vem de links de empresas que pagam para que seus anúncios sejam vistos pelos internautas.

segunda-feira, 2 de março de 2009

Blogs são sensação do momento em Santa Cruz do Capibaribe


A cada dia cresce mais o número de blogs de notícias e variedade e de pessoas que acessam este tipo de mídia em nossa cidade. Iniciado pelo então estudante de jornalismo santa-cruzense Geraldo Moura, atualmente são mais de 30 blogs santa-cruzenses trazendo notícias, opiniões e informações diárias sobre nossa cidade e região. Alguns deles, como o Blog do Melqui e o Diário da Sulanca, chegam a registrar mais de 600 acessos em um único dia.

Os blogs oferecem, gratuitamente, a possibilidade de veicular informações de todos os tipos. Seu diferencial é a versatilidade e a rapidez com que os conteúdos podem ser publicados. É uma ferramenta multimodal capaz de conjugar imagem, texto, som e vídeo.

Segundo Pablo Ricardo, do Portal Capibaribe, o grande ‘boom’ dos blogs locais ocorreu durante a última campanha política municipal, quando os blogs noticiavam todo tipo de informação sobre a disputa e os candidatos. Nunca uma eleição teve tanta cobertura em Santa Cruz do Capibaribe como na era dos blogs.

Os blogs inauguram uma nova fase da comunicação na capital das confecções e abrem espaço para discussões e debates sobre os fatos e eventos locais.

Frase


Igreja evangélica tenta fundar partido*

Avança no País o movimento para a fundação de um novo partido ligado à igreja evangélica Casa da Bênção. Em três meses, foram colhidas 185 mil assinaturas de eleitores - fiéis, na grande maioria - em favor da criação do Partido da Justiça Social, o PJS. O plano é conseguir o apoio de outras 284 mil pessoas até julho, para atender à exigência da lei e obter o registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a tempo de concorrer nas eleições de 2010. Se for bem sucedido, o PJS será o 28º partido político em atividade no País.

* Do Estadão. Matéria completa aqui.

Ministro Haddad anuncia o maior volume de recursos da história para a educação

O Ministro da Educação, Fernando Haddad, anunciou na última sexta-feira, que o orçamento para a educação chegará a R$ 40,5 bilhões este ano. Segundo Haddad, essa verba pode ser ampliada se o Congresso Nacional aprovar o fim da desvinculação dos recursos da União (DRU) para a educação, em vigor desde 1995. A DRU retirou do Ministério da Educação (MEC) mais de 20% dos recursos.

O ministro falou da importância da expansão da educação profissional na rede federal de ensino nas áreas científica e tecnológica e também do ensino médio nas redes estaduais.

*
Do O Globo On Line, ver matéria na íntegra aqui.

sábado, 28 de fevereiro de 2009

Por que nossos teclados são assim?


QWERTY é o layout de teclados atualmente mais utilizado em computadores e máquinas de escrever. O nome vem da seqüência de 6 caracteres da primeira fileira de letras do teclado. O layout QWERTY foi patenteado por Christopher Sholes em 1874, ano em que a primeira máquina de escrever apareceu.

Nesse layout, os pares de letras utilizados com maior freqüência na língua inglesa foram separados em metades opostas do teclado, numa tentativa de evitar o travamento do mecanismo das antigas máquinas do século XIX.

Em equipamentos modernos, a eficiência desse layout é duvidosa, e outros padrões foram propostos, como o DVORAK, mas nunca atingiram a mesma popularidade do QWERTY, inventado em 1874 e utilizado até hoje em nossos modernos computadores.

Adaptado de:
http://pt.wikipedia.org/wiki/QWERTY

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Trechos interditados da PE 160

As imagens acima são dos trechos interditados da PE 160 (entre Poço Fundo e Jataúba). Há mais de um ano, motoristas têm que usar desvios improvisados ao lado da pista. Em um deles, há espaço apenas para um veículo passar.

Adoção da reforma ortográfica em Portugal continua indefinida


Enquanto o Brasil avança na adoção das novas regras da escrita, Portugal ainda não conseguiu definir um cronograma para a aplicação do acordo ortográfico no país. Existe apenas a promessa de que o período de transição comece ainda no primeiro semestre deste ano.

Isso significa que os editores portugueses não sabem quando devem ter seus livros escritos de forma diferente da atual e não existe indicação de quando os estudantes vão começar a aprender a escrever de acordo com as novas regras.

A necessidade da existência de uma comissão responsável por elaborar um vocabulário ortográfico comum - que normatize as mudanças previstas no acordo - foi acertada entre os países de língua portuguesa, mas não foi levada adiante.

Para o linguista João Malaca Casteleiro - que negociou o acordo por parte de Portugal - já que o propósito é unificar a ortografia, o ideal seria que todos os países tivessem implementado as mudanças simultaneamente.

*
Da BBC Brasil

Ver matéria na íntegra em:

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Up English - Cursos de Inglês


Inglês para crianças, adolescentes e adultos
Novas turmas em 2009

Av. 29 de Dezembro, 510. Centro

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

3ª Reunião da Câmara


A 3ª reunião da Câmara de Vereadores de Sta Cruz do Capibaribe ocorrida neste terça-feira (17/02/09) contou com um público bem menor do que os dois últimos encontros, talvez devido à proximidade do período de Carnaval.

Ernesto Maia foi o primeiro a fazer uso da palavra na tribuna. O vereador falou da necessidade de formalização das indústrias locais para serem capazes de concorrer com outras empresas e buscarem espaço em diferentes mercados. Ressaltou também a importância de representantes na política nos âmbitos estaduais e federais para ações em favor de nossa cidade. Citou o caso da Professora Socorro Maia que recentemente foi indicada como candidata única à presidência da Undime - PE (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação).

Deomedes, assim como nas duas últimas reuniões, fez um relato de suas atividades e conquistas recentes. O vereador falou de seu requerimento para realização do Mutirão da Cidadania para atender a parcela mais carente do município. Tratou também do tema segurança pública e lamentou a recente diminuição de efetivo da polícia militar.

Diogo Moraes falou de sua visita ao DER/PE (Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco) e informou que o órgão liberou a ordem de serviço para recuperação de alguns trechos da PE 160. O vereador falou também do encontro estadual em Limoeiro, neste dia 18/02, para discussão de políticas públicas destinadas aos jovens.

Dimas Dantas tratou do tema segurança pública e fez referência à afirmação do secretário de Defesa Social Antônio Varêda sobre o aumento da violência em nossa cidade. Segundo o secretário, tal fato se deve ao fechamento da cadeia pública de Sta Cruz do Capibaribe e com ele o fim do serviço de inteligência que monitorava os infratores recém libertos da prisão. Em seguida, o vereador defendeu a criação de um registro dos usuários de Cybers e Lan Houses em nosso município. Segundo o parlamentar, tal medida inibiria a prática de ações criminosas com o uso do computador.

O vereador Nanau também trata da questão da segurança pública, lamenta a redução do efetivo em nossa cidade e faz um apelo para a reposição de policiais. O parlamentar também falou da necessidade de se montar um esquema de segurança para evitar arrombamentos e saques a residências no período de Carnaval.

O vereador Zezin Buxin reclama de alguns problemas nas escolas municipais como falta de professores e de carteiras escolares. Em um aparte, o vereador Ernesto Maia explica que tal problema se deve ao aumento do número de alunos de um ano para o outro. Zezin aproveitou para criticar o pronunciamento do ex-prefeito José Augusto na rádio 101 sobre o não-pagamento de parte do salário de dezembro.

Júnior Gomes tratou do tema corrupção no meio político aproveitando a entrevista do Senador Jarbas Vasconcelos à Revista Veja.

Francisquinho, em tom exaltado, criticou o pronunciamento de ex-prefeito na rádio sobre a questão da folha de dezembro. O parlamentar disse que José Augusto falou de suas conquistas enquanto chefe do executivo, mas não explicou porque deixou o débito para o atual prefeito, Antônio Figuerôa. Afrânio também criticou o pronunciamento do ex-prefeito pela mesma razão.

Fernando Aragão fez ataques a Zezin Buxin e disse ao vereador que o funcionamento do setor público segue alguns procedimentos diferentes dos da iniciativa privada. Fernando Aragão aproveitou seu tempo na tribuna para fazer críticas à entrevista de Jarbas Vasconcelos à revista Veja.

Frase:

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Compras no supermercado: um preço na prateleira, outro no caixa

Ultimamente tenho tido o cuidado de conferir, um por um, o valor dos produtos no caixa dos supermercados. É mais comum do que geralmente se pensa a diferença de preço do produto indicado nas prateleiras e o preço deste no caixa. E não é só em Santa Cruz que isso ocorre, comigo já aconteceu em Campina Grande, Petrolina, Caruaru e Recife. O curioso é que a diferença sempre é para mais. Coincidência? O preço que deve prevalecer é o que está indicado na prateleira e/ou no produto, e não o preço que aparece no monitor do caixa, conforme sujere o Código de Defesa do Consumidor, em seu artigo 31:

“A oferta e apresentação de produtos ou serviços devem assegurar informações corretas, claras, precisas, ostensivas e em língua portuguesa sobre suas características, qualidade, quantidade, composição, preço, garantia, prazos de validade e origem, entre outros dados, bem como sobre os riscos que apresentam à saúde e segurança dos consumidores.”

Outro hábito comum de alguns supermercados é dar confeitos como troco, caracterizando uma venda forçada. Parece uma quantia sem importância, mas imagine um supermercado de grande movimentação o quanto não fatura com a venda de balas no final do mês. E se você juntar todas as balas recebidas em um mês e for usá-las no caixa como moeda, vai receber um sonoro NÃO como resposta.

Portanto, é preciso muito cuidado na hora das compras para não sair no prejuízo.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

A presença da língua portuguesa no mundo

A língua portuguesa, com cerca de 230 milhões de usuários, é a 5ª língua mais falada no mundo em número de falantes nativos. É oficial em 8 países: Portugal (Europa), Brasil (América do Sul), Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné Bissau, São Tomé e Príncipe (África) e Timor Leste (Ásia). O maior número de falantes do português está no Brasil, com 190 milhões de usuários, 82% do total, seguido de Portugal, com 10,5 milhões, Angola, 8,1 milhões e Moçambique, 3,8 milhões de falantes. Os demais países representam pouco mais de 8% do total.

Adaptado a partir do site: http://www.sk.com.br/sk-stat.html
Os dados foram atualizados por mim com números mais recentes.

Segunda reunião da Câmara de Vereadores


A segunda reunião ordinária da Casa Dr. José Vieira de Araújo foi menos turbulenta que a primeira, mas não faltaram pontos polêmicos e troca de farpas entre os parlamentares. Segue um resumo dos principais temas trazidos para a tribuna.

Fernando Aragão, seguindo a mesma linha da reunião passada, preferiu ficar longe de polêmicas, procurando exercer uma posição mais neutra, uma vez que é presidente da Casa. Falou da importância da construção do asfalto que liga Pernambuco à Paraíba pelo sertão (trecho entre Jataúba e Sumé). Defendeu, inclusive, que tal obra seria mais importante do que a possível duplicação da PE 160 (trecho entre Sta Cruz e Pão de Açúcar).

Diogo Moraes seguiu a linha moderada da primeira reunião. Relatou sua ida, junto com o prefeito Antônio Figuerôa, à Brasília para o encontro dos prefeitos com o presidente Lula. Falou também de sua iniciativa para trazer o Centro de Formação Tecnológica para Santa Cruz do Capibaribe. Segundo ele, essa entidade tem o objetivo de preparar os jovens de nossa cidade para o mercado de trabalho.

Deomedes falou de seus requerimentos para calçamento de algumas ruas e do problema do sinal da operadora Tim em alguns bairros da cidade. Nanau relembrou algumas ações quando foi presidente da Casa, como o enxugamento da folha de pagamento devido à redução dos funcionários da Câmara.

Júnior Gomes adotou um discurso mais moderado do que o da semana passada, não entrando em atrito com o vereador da situação Dimas Dantas. Falou de suas visitas a alguns bairros e prédios públicos da cidade e denunciou a agressão ao Rio Capibaribe que, segundo ele, serve de depósito de sangue dos bois que são abatidos no matadouro público.

A polêmica ficou por conta dos vereadores Francisquinho, Afrânio e Ernesto Maia. Ernesto diz que a oposição faz ‘jogo de cena’ por ficar fazendo, segundo ele, acusações sem fundamento e com base em dados incorretos. Francisquinho novamente levantou a questão do não pagamento do funcionalismo público em dezembro e questionou o destino dos recursos. Entrou também nas questões polêmicas dos supostos escândalos da merenda e do lixo durante o governo José Augusto Maia. Afrânio falou da importância da oposição e seu papel fiscalizador, trocou farpas com Ernesto Maia e relatou suas visitas, junto com o vereador Jr. Gomes a alguns prédios públicos. Falou que o problema do açougue público já deveria ter sido resolvido há bastante tempo se o governo passado tivesse dado continuidade às obras do novo açougue deixadas pelo então prefeito Ernando Silvestre. Segundo o vereador, tal obra serve hoje de cemitério de carros da prefeitura municipal.

A surpresa da noite foi o discurso do vereador Zezin Buxin, conhecido por não fazer ataques à situação e adotar uma postura mais neutra. O vereador ironizou e criticou o pronunciamento do ex-prefeito José Augusto Maia sobre o não pagamento dos servidores públicos de parte do salário de dezembro.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Antivírus: pago ou gratuito?

O UOL Tecnologia realizou um teste simples para saber que antivírus é mais eficiente contra as pragas da internet. Foram escolhidos 4 antivírus bastante utilizados no Brasil: os gratuitos AVG 8 e Avast! 4.0; e os pagos Kaspersky Internet Security 7.0 e Norton Internet Security 2009. Para a realização dos testes, um computador foi infectado com 200 vírus diferentes para verificar que antivírus seria capaz de detectar o maior número de pragas. Vejamos os resultados:


Adapatado a partir de matéria publicada no UOL Tecnologia, em
http://tecnologia.uol.com.br/dicas/seguranca/2009/02/10/ult6043u2.jhtm

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Google: o big brother mundial

Como todos sabem, o Google começou com um site de buscas na internet. Hoje, a empresa conta com uma variedade de ferramentas, entre elas: site de relacionamentos (o popular Orkut), serviços de e-mail (Gmail), site de vídeos (o famoso Youtube), ferramenta de criação de blogs (Blogger), ferramentas de mapeamento dos oceanos e exploração de Marte (através do Google Earth) e, atualmente, localização de pessoas através de celulares por meio do programa Latitude. O grupo também possui investimentos em um instituto de inteligência artificial.

A nova ferramenta Latitude permite que usuários de celulares e outros dispositivos móveis compartilhem sua localização com qualquer pessoa pelo Google Maps. O Latitude pode ser acessado por qualquer computador conectado a internet ou por alguns aparelhos de celular mais modernos.*
.
.
___________
Essa semana, o Google criou, em parceria com a Nasa, a Universidade da Singularidade (Apesar do nome, não se trata de uma universidade, mas de uma escola), que pretende ensinar as crianças a viver em um mundo onde a tecnologia pode tornar-se mais inteligente do que os seres humanos.

Na definição do Wikipédia, "Singularidade tecnológica é a denominação dada a um evento histórico previsto para o futuro no qual a humanidade atravessará um estágio de colossal avanço tecnológico em um curtíssimo espaço de tempo." O termo foi popularizado por Ray Kurzweil em seu livro publicado em 2005 'A singularidade está próxima'. Entre as teses defendidas pelo autor, está a de que a inteligência artificial irá superar a capacidade humana de raciocínio antes de 2050. Kurzweil acredita que em breve as máquinas passarão a ter capacidade de aprender com seus próprios erros utilizando inteligência artificial.**


___________
*Texto adaptado a partir da matéria publicada no Jornal O Globo on-line, no caderno de Tecnologia. Quem quiser conferir a metéria na íntegra, ver: http://oglobo.globo.com/tecnologia/mat/2009/02/09/google-lanca-novos-programas-cerca-planeta-por-todos-os-lados-754322681.asp
/
**Mais informações sobre Singularidade Tecnológica, ver em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Singularidadetecnologica

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Perdas e ganhos

Como todos sabem, na campanha de 2008 para prefeito, os dois candidatos que disputavam a majoritária eram deputados estaduais. Portanto, no biênio 2007-2008, Santa Cruz do Capibaribe tinha duas importantes vozes na ALEPE, hoje, apenas uma. Talvez tenha sido um erro estratégico dos grupos colocar justamente os dois deputados na disputa do pleito de outubro de 2008, pois um deles fatalmente teria que deixar a Assembléia para assumir o novo cargo.
*
No entanto, já são dadas quase como certas as pré-candidaturas de Oseas Morais, José Augusto Maia e Edson Vieira para a disputa de uma vaga na Assembléia Legislativa de Pernambuco nas próximas eleições. A meu ver, seria muito interessante para Santa Cruz se todos os três fossem eleitos, pois teríamos três vozes no legislativo estadual em favor dos interesses de nossa cidade e região.

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Frase

"O destino baralha as cartas, e nós jogamos."
(Arthur Schopenhauer)

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Dom Helder Camara: o príncipe da paz


Hoje, faz dez anos da morte do arcebispo emérito de Olinda e Recife, Dom Helder Camara. O religioso morreu aos 90 anos, e se vivo estivesse, completaria 100 anos de idade neste sábado. Dom Helder foi o único brasileiro indicado quatro vezes ao Prêmio Nobel da Paz.

“Quantas vezes eu celebro em áreas de miséria, e o meu povo canta: ‘o Senhor é meu pastor, nada me há de faltar’. Eu olho ao redor e está faltando é tudo.”

“Não pensem que Deus ajuda a miséria. Deus não aprova as injustiças. As injustiças sociais são problemas nossos.”
(Dom Helder Camara)

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Clima começa quente na Casa Doutor José Vieira de Araújo

A primeira reunião de 2009 na Câmara de Vereadores de Sta Cruz do Capibaribe foi marcada por um acirrado debate entre os vereadores da oposição e os da situação, especialmente entre Afrânio, Francisquinho e Júnior Gomes, de um lado; Dimas Dantas e Ernesto Maia do outro. O tema de maior polêmica e motivo da maioria das farpas entre os parlamentares foi o não pagamento dos servidores municipais dos salários de dezembro pelo então prefeito José Augusto Maia.
*
Outro tema bastante discutido nas falas dos vereadores (inicialmente por Zezin Buxin, seguido por Francisco Ricardo, Afrânio e Diogo Morais) foi a assinatura da ordem de serviço da duplicação da BR 104 (trecho que liga Pão de Açucar a Caruaru) e a necessidade de unir forças para a duplicação da PE 160 (de P. de Açucar a Sta Cruz), uma vez que Santa Cruz do Capibaribe é o principal motivo do tráfego intenso na BR 104, segundo os vereadores.

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Brasil recebe lixo eletrônico dos Estados Unidos

Segundo dados de uma agência do governo da Califórnia, o Brasil recebeu mais de mil toneladas de componentes eletrônicos descartados nos EUA em 2006. Esse lixo eletrônico tem elementos tóxicos como chumbo e mercúrio que podem causar sérios problemas à saúde humana, além de serem nocivos para o meio ambiente.


Adaptado a partir da matéria publicada na Folha de São Paulo on-line em 04/02/09: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/informat/fr0402200901.htm

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Ícones de nossa terra

A Fé, a Cruz e o Rio: Santa Cruz do Capibaribe

Santa Cruz na nova rota do crack

Não faz muito tempo, crack era um mal dos grandes centros urbanos, usado principalmente entre moradores de rua. Hoje, essa droga super potente e devastadora chega com grande força aos interiores, prova disso é a recente onda de usuários de craque em nossa cidade.

Em uma séria de reportagens sobre o crack no Jornal da Globo, a professora do Instituto Biomédicas da USP, Rosana Camarini, elenca os três fatores principais para que uma droga tenha um alto grau de dependência:
1. Capacidade de ativar sistemas de reforço no cérebro;
2. capacidade de atingir o cérebro mais rapidamente;
3. tempo de duração do efeito da droga, quanto menor a duração, maior a necessidade de repetição do uso e, conseqüentemente, mais rápida a dependência.

Segundo a mesma reportagem, “o crack leva apenas 8 segundos para atingir o cérebro e seu efeito dura dez minutos, no máximo, criando a necessidade de repetição da dose quase que instantaneamente.”

Para manter o vício, muitos usuários começam a vender seus pertences, a roubar objetos do próprio lar e depois, quando não podem mais roubar em casa, começam a roubar e assaltar na rua. Trata-se de um sério problema social com conseqüências terríveis para usuários, para suas famílias e para a sociedade em geral. É urgente que os órgãos públicos locais tomem medidas sérias para tentar resolver o problema, antes que o quadro piore e eleve ainda mais a sensação de insegurança em nossa cidade.

sábado, 31 de janeiro de 2009

Inglês para crianças, adolescentes e adultos

AV. 29 DE DEZEMBRO, 510 - CENTRO
(AO LADO DA ESPAÇO DO CALÇADO)

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Santa Cruz do Capibaribe e a relação entre educação e trabalho

Santa Cruz do Capibaribe é uma cidade industrial e comercial. É também uma cidade extremamente democrática no que se refere a oportunidades. Nela, todos têm acesso à renda. Em outras cidades, há uma relação muito próxima entre o estudo e o trabalho. As pessoas sabem que se não se qualificarem, se não estudarem, estarão excluídas do mercado de trabalho, cada vez mais exigente.

Em Santa Cruz, essa relação praticamente não existe. A indústria local consegue absorver pessoas sem educação formal, sem passagem pela escola. Basta aprender a atividade mecânica da costura, do corte de tecidos, ou da retirada de pontas de linha que o sujeito facilmente se insere no mercado. Nas estamparias os indivíduos também não precisam dos conhecimentos das salas de aula. No comércio, habilidades mínimas de ler e contar são o bastante para a execução do trabalho. Nas feiras, a força física garante o sustento dos carroceiros.

Outro dia estava lendo um livro de um autor local (Israel Carvalho) e vi um dos mais bem sucedidos empresários de nossa cidade dizer que só freqüentou a escola por quinze dias. O perfil predominante do empresariado local ainda é o mesmo: pessoas com quase nenhuma educação formal, mas com uma habilidade enorme para os negócios, para gerar riquezas. Parece que em Santa Cruz, educação atrapalha ou é totalmente dispensável.

O efeito colateral do pouca atenção à educação se reflete no trânsito caótico, na política partidária imatura, na falta de uma política de coleta de lixo seletiva, na desatenção às questões ambientais, na ausência de programas de incentivo à cultura, na carência de ambientes urbanos que favoreçam o lazer e a prática de esportes, na falta de responsabilidade social das empresas (salvo raras exceções).
-
Apesar das adversidades naturais (climática, hídrica, geográfica) conseguimos realizar uma grande façanha desejável por todas as cidades do mundo: oferecer trabalho e renda para todos. Em um contexto de crise econômica e financeira global, em que o capitalismo precisa ser redesenhado, talvez seja um momento favorável para nossa cidade dar outro salto, o da educação e da cultura.

sábado, 24 de janeiro de 2009

Deu no Jornal O Globo: “Gato recebia dinheiro do Bolsa Família”

Parece piada, mas não é. O coordenador do Bolsa Família da cidade de Antônio João, no estado do Mato Grosso do Sul, cadastrou seu bicho de estimação no programa do governo federal. O animal, chamado de gato Billy, recebia por mês R$ 20 do Bolsa Família até ser descoberto pela prefeitura da cidade em novembro. O Ministério Público informou que o dono do animal será processado e obrigado a devolver a quantia recebida pelo bichano.